quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Pensamento: Ajude achar meu coração


Antes de começar a lerem minha historia, quero deixar bem claro que essa historia não é comum para sua realidade. Realidade que digo é de vocês, humanos.

Sou Sary do planeta Zanath. Por favor, não me imaginem como um bicho verde, com três dedos e com olhos grandes pretos, que vocês denominam de ET. Não sou ET, tenho a fisionomia parecida com a de vocês humanos, mas sou muita mais do que uma reles mortal.

A questão é que fiz uma visita ao seu planeta e conheci um ser da sua espécie, e acabei cometendo o maior erro da minha existência. Ele me roubou. Ele roubou algo de mim que não tem como substituir ou conseguir outro, ele roubou algo que é importante para minha sobrevivência. Mas antes de explicar tudo, o que ladrão levou, vou explicar tudo desde o começo...

Meu melhor amigo é um gênio, Kalp. Ele desenvolveu um método de viagem instantânea usando como mecanismo um pó simples pó roxo. É só pensar no lugar ou imaginar o lugar (já que a galáxia é tão grande, o que o lugar exista mesmo) aonde quer chegar, jogar o pó na cabeça e quando o pó estiver no chão você chegou ao seu destino. Bem simples né?

Dessa maneira cheguei ao seu planeta, terra, sempre a procura de novas sensações e sentimentos. Quanto mais sentimentos eu conseguir absorver mais forte e poderoso fica meu dragão. Isso mesmo dragões existem, mas somente no meu planeta.

A constelação onde esta meu planeta (Zanath) não existe sol e é rodeado por 8 luas, que simboliza nossos deuses. Então o que mantem o nosso planeta sempre aquecidos são os dragões, eles são a vida no planeta e os dragões precisam do meu povo para sobreviver. Cada ser que nasce no meu planeta ganha um ovo de dragão e para que o dragão nasça damos nosso coração pelo seu sopro de vida. Serio. Nosso coração é retirado para que ele viva.

Então não tenho coração, mas meu corpo consegue armazenar sentimentos e transferi-lo para o coração, servindo com combustível de sobrevivência e força para o meu dragão. E foi isso que o ladrão humana roubou, ele levou meu coração e se eu não tiver meu coração de volta, meu dragão e eu morremos. Pois, meu dragão sem meu coração com os sentimentos acaba ficando fraco e eu sem ter aonde colocar meus sentimentos entrarei em colapso.

Quando visitei a terra conheci o traidor, ladrão de coração. A primeira vista o ladrão apresentava ser bom amigo. Com ele descobri um novo sentimento e esse sentimento era confuso, me fazia sentir dores na barriga e fazia meu rosto ficar em algumas tonalidades estranhas e diferentes. Nunca fiquei assim.

Pensei que estava sofrendo alguma mutação, por ter ficado exposta em ambientes de alguns planetas que visitei ou talvez tenha absorvido alguma doença, sei lá. Era muito estranho. Mas o ladrão disse que isso tudo que estava passando era o efeito do sentimento chamado amor.

Agora eu odeio esse tal de amor.

Graças a essa coisa (amor, esse sentimento destruidor) que me levou ao ponto de confiar nele e leva-lo ao meu mundo, minha casa e mostrar meu dragão. Ate meu dragão aceitou a presença desse ser desconhecido. Em seguida leve o ladrão ao meu coração e resolvi mostra com era o processo de transferência de sentimentos para o coração.

No momento em que o coração foi atingido pelo sentimento, sua forma e aspecto se transforam em uma pedra brilhante vermelha com pequenas estruturas rosa brilhante nas laterais e todo meu coração brilhava intensamente numa tonalidade dourada.

 A visão era esplendorosa e acabou levando a saída de uma coisa úmida dos meus olhos. Pensei que era o fim, pronto iria morrer. Jamais algo saiu dos meus olhos, mas o ladrão passou a mão no meu rosto tirando aquela coisa estranha e explico que aquilo era lagrimas, e essas lagrimas saem constantemente de vocês humano. O ladrão continuou ao meu lado segurando minha mão ate o final da transferência, só que ao terminar o processo tudo ficou escuro e não conseguia me movimentar. Estava imobilizada e cega ao mesmo tempo.

Quando tudo voltou ao normal, a visão e os movimentos, eu estava em outro lugar perto do meu dragão que estava belo e lindo. Suas escamas agora brilhavam com um verde intenso e sua cor mudou para cinza, então continuei observando ele dormia graciosamente ao meu redor.

Logo percebi que o ladrão tinha sumido. Procurei ele pela casa toda e nada. Lembre antes de ter ficado imobilizada, estávamos observando meu coração. Voltei a sala onde guardava o coração e a caixa estava vazia, sem meu coração. Toque rapidamente meus bolsos procurando o pó, mas também estavam vazios. Naquele momento entre em pânico e meu dragão acordou soltando um rosnado alto e forte, num tinha escutado algo como aqui, a estrutura da casa chegou a estremecer com o som.

Meu dragão estava sentindo a distancia do meu coração. Enquanto isso, descobri um novo sentimento, acho que vocês chamam de decepção.

Voltei a terra atrás do ladrão de coração, mas não o encontrei. Somente descobri novos sentimentos com triste, raiva e traição. Esses sentimentos me mudaram e essas mudanças também se refletiam no meu dragão, fazendo perde seu brilho.

Fiquei alguns dias na terra e vi muitas pedras diferentes e belas, vocês humanos dizem que são pedras preciosas como esmeralda, ametista, cítricas e assim por diante. Comecei a admira-as e logo veio a lembram da transformação do meu coração e percebi que coração tinha se transformado na mistura de duas pedras preciosas espinela e granada, e seu brilho dourado eram por causa de pequenos pontos de ouro espalhados dentro do coração.

Vocês humanos acredita que essas pedras preciosas são valiosas e valem o bom dinheiro de papel e por isso vendem para outra pessoa, só que eu não consigo entender. Se e preciosa por que troca por papel?

Agora vou voltar para meu planeta, pois não tenho mais forças para ir atrás do ladrão pelo meu coração. Mas por favor se vocês virem o ladrão me avisem, se vocês acharem ou comprarem meu coração em avisem e se caso for tarde demais e o meu tem tiver acabado cuidem para mim. Dentro dessa pedra preciosa esta guardado vários sentimentos inimagináveis que vocês possam compreender, e que foi esse coração em de pedra que deu a vida e a sobrevivência para dois seres que são conectados a esse único coração. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário